Alfarrábio  
  :: Alfarrábio ::
Por Paulo Bicarato
 

home | e-mail | icq 267228436

Somos apenas os vazios entre os nós da rede. E estamos num grande boteco.

Paulo/Male/31-35. Lives in Brazil/São Paulo/Guaratinguetá, Vale do Paraíba, speaks Portuguese. Spends 20% of daytime online. Uses a Normal (56k) connection. And likes Cybercultura/Jornalismo.
This is my blogchalk:
Brazil, São Paulo, Guaratinguetá, Vale do Paraíba, Portuguese, Paulo, Male, 31-35, Cybercultura, Jornalismo.


Quer deixar seu recado?
Assine aqui.

Paulo Bicarato
Jornalismo, literatura, poesia e elucubrações diárias. Paulo Bicarato de peito aberto,
(ar)riscando palavras vivas ao vento.


.............

e5Cr3v1nH4çõEs


:: Especial ::

Guimarães Rosa


:: Meus artigos::

Nova Economia
WideBiz

.............



:: Arquivo::


Catraca eletrônica



on-line

quarta-feira, junho 30, 2004

:: Realidade ::

Não li o *Código Da Vinci*, pude apenas conferir algumas opiniões por aí. No caderno Mais! da Folha do último domingo, um artigo assinado por Fabio Herrmann [*Decifrando o Código Da Vinci*] me chamou a atenção --não exatamente pelo livro. Segue um trecho do artigo:
[...] A realidade como texto cifrado [...] corresponde a uma visão do mundo em franca difusão. Dir-se-ia que nos cansamos de lutar contra sermos enganados e passamos a desejar o engano, a querer dele participar ativamente. Afinal, um texto cifrado é uma comunicação entre dois especialistas, o que a cifrou e o que a decifrou. No meio, estamos nós, os que não compreendem a realidade cifrada. As armas de destruição em massa que Bush procura no Iraque estão, ao que consta, estocadas entre os arbustos do seu jardim; mas a hipótese terrorista é suficiente para que se aceitem invasão, assassínio e torturas. As promessas eleitorais não se vão cumprir, é notório, mas circularam e voltarão a circular dentro em pouco, dando seguimento ao processo de recompra de bilhetes corridos. O crime da semana é solucionado, explicam-se os motivos inconscientes e as razões sociais; depois a solução é desmentida e o interesse morre. Não fazendo mais sentido do que um papa na Inglaterra, decerto a realidade deve conter alguma mensagem cifrada. Resta-nos esperar que alguém a decifre.
Ainda estou *digerindo* isso aí. Mas que tem fundamento, isso lá tem...

por Bicarato | Link :8:44:00 PM |


:: Diários da Corte ::

Direto da coluna Toda Mídia, do Nelson de Sá, na Folha de hoje:
Para quem gosta, é possível seguir os "bastidores" de Brasília em tempo real. Começou com o blog de Ricardo Noblat. E na semana passada surgiu o blog de Jorge Bastos Moreno na Globo On Line.

por Bicarato | Link :1:26:00 PM |


sábado, junho 26, 2004

:: Vende-se: Sem Guerra, Sem Furacões, Sem Terremotos ::

O Greenpeace apresentou na última segunda-feira (21/06), na Escola Superior de Guerra, no Rio de Janeiro (RJ), dados sobre a venda ilegal de áreas públicas da Amazônia realizada para estrangeiros, pela internet.
Paulo Adário, coordenador da Campanha da Amazônia do Greenpeace, mostrou todas as investigações que realizamos recentemente sobre exploração ilegal de madeira, grilagem de terras e venda ilegal de propriedades realizada pela internet, inclusive a estrangeiros, em sites como Timberlands (www.resourcesbrazil.com) e Imóveis Virtuais (www.imoveisvirtuais.com.br). O preço do hectare para a aquisição da terra é de cerca de US$ 60 e os sites oferecem excursões para estrangeiros interessados. No site da Timberlands, a propaganda oferece os lotes "sem guerra, sem furacões, sem terremotos, sem enchentes e sem mosquitos!"


Direto do Greenpeace.

por Bicarato | Link :3:57:00 PM |


sexta-feira, junho 25, 2004

:: Richard Stallman & Sérgio Amadeu ::

Direto do Planeta Porto Alegre, duas entrevistas exclusivas:
"Eles querem viciar"
Em entrevista exclusiva, Richard Stallman, um dos pais do software livre, defende o brasileiro Sérgio Amadeu, alvo da Microsoft

O homem na mira do monopólio
Em entrevista para o Planeta Porto Alegre, o presidente do ITI, Sérgio Amadeu, alvo de intimidação da Microsoft, defende o direito do governo de implantar sua política de software livre
Essa briga, anunciada já há algum tempo, ainda está nascendo... E promete: não vai acabar tão cedo. Resta saber quem e quantas serão as vítimas...

por Bicarato | Link :11:16:00 AM |


quinta-feira, junho 24, 2004

:: Nhambuzim ::

Ainda não tive a oportunidade de ver/ouvir, mas já gostei: Nhambuzim. Segundo eles mesmos:
Nhambuzim não nasceu no sertão. Sua certidão atesta a nascença num apartamento da Avenida Jaguaré, ao som das buzinas e à luz das baforadas de poluição que se impregnavam nas cordas do violão e da garganta. Longe do
Urucuia, longe de Minas.
E, no entanto, o sertão estava ali.
Em cada nota, em cada acorde, em cada conversa jogada entre um rasqueado e outro. O sertão ressoava pelas paredes, ecoando miguilins, manuelzões, riobaldos, diadorins. E Guimarães. Sempre Guimarães. Guiando-nos, inspirando-nos e soprando em nossos ouvidos paisagens que se tornavam música.
O sertão foi pródigo. As canções se desfolharam num passo que nem Guimarães acreditaria. E hoje estão aí, mais de vintena. Espalhando-se caboclamente ao vento e semeando um punhado que seja de sertão pela cidade. E, acima de tudo, prestando uma sincera homenagem a um velho mestre e um novo amigo.
A bênção, Rosa.
Quem passou a dica foi o Xavier Bartaburu, um dos integrantes do grupo (bando?). Segue a programação dos próximos dias:
- 2 e 3 de julho, às 21h
- Theatro São Pedro (Rua Barra Funda, 171, Barra Funda)
- R$ 10 (R$ 5 com meia entrada)

O Nhambuzim também estará no Fórum Cultural Mundial, apresentando-se junto a uma contadora de estória que estará narrando trechos do Grande Sertão, do Primeiras Estórias e do Manuelzão:
- Sesc Santo André: 26/6, às 15h
- Sesc São Caetano: 30/6, às 20h
- Sesc Vila Mariana: 3/7, às 13h

E, pra me deixar com mais água na boca, o Xavier avisa: *estaremos em Cordisburgo durante a Semana Roseana e, logo depois, em Andrequicé comemorando os 100 anos do Manuelzão*. É...

por Bicarato | Link :3:16:00 PM |


:: Poder Público & Software Livre ::

Com a palavra, o Maratimba (vulgo *Véi du Saco*, a.k.a. *Riquinho*...), responsável pelo projeto:

Acaba de sair do forno o site de software livre da prefeitura de São Paulo (http://softwarelivre.prefeitura.sp.gov.br/wiki/).
A idéia é reunir aqui toda a experiência adquirida e partilhá-la com a comunidade...
Aproveitamos para liberar a versão 1.0 Beta 2 do Waram, nosso CMS publicado sob a licença GPL.
Gostaria muito que vocês pudessem perder alguns minutos...
1- lendo sobre o bichinho aqui: http://softwarelivre.prefeitura.sp.gov.br/wiki/WaraM
2 - Ou mesmo testando a instalação direto aqui: http://softwarelivre.prefeitura.sp.gov.br/wiki/WaramInstall

por Bicarato | Link :12:32:00 AM |


:: Tamo Invadino Geral ::

Primeiro foi o Blogger, que forçou a Globo licenciar a única franquia, no mundo todo, do sistema de publicação fora dos EUA.
Depois o Fotolog, que foi crowdeado a ponto de tirarem o servidor do ar.
Agora é a vez do Orkut.
Dia 23 de junho de 2004 marca a data em que o Brasil assume a liderança no ranking de inscritos no cadastro do Big Brother, como temem os afoitos.
Mas o Brasil assumir a liderança no Orkut não significa que estamos desperdiçando vida útil em frente ao computador. E nem sequer um ato de vingança contra os Estados Unidos - mesmo porque esse jogo é o deles.
Estamos apenas vivendo a vida eletrônica, horizontalista, sem hierarquia e autocrática com mais intensidade que os países do chamado primeiro mundo. Estamos bem preparados para a mudança de paradigma que está lentamente mudando a cara de tudo.
Por isso, vamos comemorar o primeiro lugar à brasileira. Vamos nos encontrar todos HOJE em uma festa estilo flash-mob, nesta quarta-feira dia 23. Onde? Em todo o Brasil. Agitaê.
http://www.orkut.com/Community.aspx?cmm=111874
Idéia do Alexandre Matias. Sem bairrismos ou xenofobias, mas o Orkut ficou Verde&Amarelo, mesmo...
Estatísticas: Brasil - 30,67%, EUA - 30,11%

por Bicarato | Link :12:18:00 AM |


sexta-feira, junho 18, 2004

:: O A9 Vai Mudar sua Vida ::

Com a palavra, Sérgio Rodrigues:
O israelense e ex-Yahoo Udi Manber, chefe da equipe que concebeu o A9, disse à revista "Wired" que, com meros 10 milhões de dólares, paga-se o armazenamento digital de "todos os livros publicados no mundo desde os sumérios". Pena que Jorge Luis Borges, o grande poeta da biblioteca universal com seus labirintos vertiginosos, seus livros conversando com outros livros pela eternidade --pena que Borges não viveu para ver isso.
Por enquanto, são *só* 120 mil títulos da Amazon. Mas já tem gente comparando o A9 como um divisor de águas, à invenção de Gutemberg.

por Bicarato | Link :5:45:00 PM |


:: A Revolução Não Será Televisionada ::

Com a palavra, Pedro Doria:
Entranhas da rede
Está para sair um clássico instantâneo: Joe Trippi, que foi o executivo da campanha de Howard Dean à candidatura à presidência dos EUA, lança em um mês The revolution will not be televised - A revolução não será televisionada.
Trata de como uma campanha política feita na Internet pode tomar de assalto o poder --como a de Dean, por muito pouco, não fez de fato.

por Bicarato | Link :5:44:00 PM |


quarta-feira, junho 16, 2004

:: Leitores: 0 X Garotinhos: 1 ::

[Por enquanto...]
Além das 31 vítimas, ou mais, que provocaram horror a quem teve acesso às imagens, o massacre da penitenciária de Benfica, no Rio, acabou de provocar mais uma baixa: o colunista Alberto Dines foi sumariamente defenestrado do Jornal do Brasil. Perde o JB uma coluna semanal preciosa, e perdem ainda mais os leitores do próprio JB.

A demissão foi motivada pelos comentários do mestre Dines no Observatório da Imprensa sobre a cobertura do massacre, particularmente por parte do JB --que minimizou, se não desprezou ou simplesmente ignorou, a dimensão da rebelião. Se fosse apenas (!) por ignorância jornalística, a má cobertura talvez até pudesse ser resgatada e corrigida nas edições seguintes. Mas o jogo de influência e a politicagem falaram (bem) mais alto. Uma coisa é uma coisa; outra coisa é outra coisa...

Com a palavra, Dines:
VITÓRIA DOS GAROTINHOS - 1
O JB e a ideologia do cala-a-boca


"Não posso aceitar, contudo, as pesadas acusações feitas ao JB no qual você publica artigos todas as semanas e é pago por isso. Se estava incomodado com o Jornal do Brasil de hoje deveria ter interrompido sua colaboração há muito tempo..."

Este é o fecho do e-mail de José Antônio do Nascimento Brito ordenado por Nelson Tanure, comunicando a suspensão da colaboração deste Observador no Jornal do Brasil [leia aqui íntegra da mensagem]. É, na realidade, o extrato de uma abominável ideologia na qual se assenta a maioria das ações de lesa-imprensa do panorama atual.

Esta ideologia baseia-se na falácia de que o jornalista profissional não tem compromissos morais. Ao aceitar um salário, desliga a sua consciência e despluga o seu senso crítico. Ao trabalhar e ganhar, perde o direito de exercer o seu discernimento. Proibido de cogitar e existir, abdica da sua humanidade. Deixa de ser, não é. A remuneração, no lugar de converter-se num processo de troca e aperfeiçoamento, assume-se como odiosa, desumana e degradante servidão.

Porém, o jornalista sem senso crítico é apenas meio jornalista --talvez até menos do que isso, amputada a parte vital da sua função. Há uma visível relação de causa e efeito entre a desqualificação da mídia contemporânea e o processo de neutralização da consciência jornalística. [Continua lá no Observatório]
Dines sabe muito bem os riscos que corre, há tempos, desde que se tornou o primeiro ombudsman da imprensa brasileira, na Folha. Mas, como disse o Zuenir Ventura, no NoMinimo, "sem coluna em jornal, Dines deixa a imprensa escrita meio invertebrada".

por Bicarato | Link :6:32:00 PM |


:: Microsoft Tenta Intimidar Governo Brasileiro ::

A Microsoft está processando Sérgio Amadeu, autoridade máxima do governo brasileiro para implantação de Software Livre, e um funcionário da empresa monopolista no Brasil dispara ameaças veiculadas, com destaque, pelo "The New York Times" em plena semana do 5 FISL em Porto Alegre
[...] O presidente da Microsoft Brasil, Emílio Umeoka, inicia a tentativa de intimidação declarando que a decisão do governo brasileiro de apoiar o software livre nos computadores do setor público está sendo "influenciada pela ideologia".
[...]
[Sérgio Amadeu, presidente do ITI] recebeu uma notificação judicial de um processo criminal movido pela empresa contra supostas declarações deste, na revista semanal Carta Capital, dizendo que a doação de software para governos é uma prática tipo a dos traficantes. Essa declaração, atribuída a Sérgio Amadeu na revista, não é original. O presidente da SUN e vários ativistas do movimento software livre usam esta analogia: "a primeira dose de software proprietário distribuído gratuitamente é como uma droga, depois que cria dependência nos usuários a empresa começa a cobrar".
[...]
A Declaração de Barcelona para o avanço do Software Livre, assinada por vários experts internacionais www.softwarelivre.org/news/2297, entre eles Manuel Castells e Vinton Cerf, um dos criadores da Internet, já apontava: "O software livre tem que trabalhar firmemente para combater as técnicas FUD (fear, uncertainty and doubt - medo, incerteza e dúvida) que são utilizadas contra ele".
[A íntegra está aqui
E mais: O Brasil tem o direito de escolher


Updata:
Ação de apoio a Sérgio Amadeu, autoridade máxima do governo brasileiro para implantação de Software Livre, que sofre atualmente processo movido pela Microsoft Petition


por Bicarato | Link :5:37:00 PM |


:: Blogs: Herança Cultural? ::

Copy&paste direto do Pedro Doria:
Pelo mundo
O ministro da Ciência e Tecnologia do Irã, Nassrollah Jahangard, desejou que todo iraniano tivesse um blog algum dia e expressou o apoio governamental aos blogs persas. Do seu ponto de vista, eles definem a presença do país na rede e formam uma identidade comunitária iraniana na Internet. Ele também disse que blogs são uma espécie de herança cultural do Irã.

Seja herança ou não, o governo do Irã promoveu o primeiro festival oficial de blogs do mundo.
Só uma perguntinha ficou latejando aqui na cachola: no Irã?

por Bicarato | Link :5:01:00 PM |


quinta-feira, junho 10, 2004

:: Tudo Que Aconteceu no 5o. FISL ::

br-linux.org
Participar do maior evento da comunidade nacional do software livre é uma experiência indescritível, e quem não pôde estar presente à edição deste ano deveria começar desde já a planejar a viagem do ano que vem. Mas para satisfazer parte da sua curiosidade e instigar ainda mais o arrependimento por não ter estado presente, veja as notícias que publicamos diretamente do evento.

por Bicarato | Link :1:04:00 AM |


quarta-feira, junho 09, 2004

:: Mais FISL-PoA ::

Eu estava esperando o relato do Felipe sobre o FISL, direto de Porto Alegre. Até que enfim ele postou alguma coisa:
Porto Alegre
Tentando organizar memória do que rolou na última semana. Certamente falta muita coisa.
Saímos domingo pela manhã de Sampa. [E por aí vai...]
Geeks, hacklabs, pneus furados, camping idem, ressaca... Com esse pessoal, só podia dar nisso, mesmo...

por Bicarato | Link :4:04:00 PM |


:: Mais FISL-PoA ::

Eu estava esperando o relato do Felipe sobre o FISL, direto de Porto Alegre. Até que enfim ele postou alguma coisa:
Porto Alegre
Tentando organizar memória do que rolou na última semana. Certamente falta muita coisa.
Saímos domingo pela manhã de Sampa. [E por aí vai...]
Geeks, hacklabs, pneus furados, camping idem, ressaca... Só podia dar nisso, mesmo... heheheh

por Bicarato | Link :4:04:00 PM |


terça-feira, junho 08, 2004

:: Software Livre em Pauta ::

Teve muito blogueiro registrando as impressões sobre o Fórum Internacional de Software Livre (FISL). Mas o destaque mesmo fica para a Ecologia Digital, do José Murilo.

Não é à tôa que o presidente da Microsoft Brasil, Emílio Umeoka, reagiu diante da repercussão do FISL: *ideologia influencia adoção de software livre no Brasil*. O Nelson de Sá, na coluna Toda Mídia deste domingo, registrou lá na Folha:
"Kill Bill"
Gilberto Gil encerrou o Fórum Internacional de Software Livre, em Porto Alegre, com um show destacado ontem pelo "Correio do Povo". Nome do show: ".../liberdade/digital".
O ministro fez mais, lançando a música "Oslodum" para "livre comercialização na internet". Perguntaram se na web não vão "estragar" a música. E ele:
- Essa é a idéia. É o sinal de que existe liberdade.
***
O fórum e o ministro são parte de uma ação que vai além deles.
O governo Lula é chamado de "líder mundial" na adoção de software livre em sua gestão e, segundo o "Valor", pode trazer a China ao "movimento".
Uma missão governamental e empresarial chinesa está no país "para conhecer as inovações mais recentes do Brasil na área de governo eletrônico", melhor dizendo, de software livre.
A integração na área começou a se concretizar nesta semana com os investimentos de US$ 3 milhões, anunciados anteontem no site de "O Estado de S.Paulo", a serem feitos no Brasil pela Speed InfoTech, fabricante de computadores de Xangai.
***
Mas a ação também vai muito além de Brasil e China.
A revista "Forbes" destaca na capa de sua mais recente edição, sob o título "Kill Bill", mate Bill, que a IBM, fabricante americana de computadores, está gastando "bilhões na cruzada para fazer do Linux o sistema de operação mais popular do mundo".
O Linux é grátis e está na base do software livre implantado aqui e em outros países. O alvo da IBM é o Windows, produzido pela Microsoft de Bill Gates.
Além da IBM, também a Dell aposta bilhões no Linux. E agora é a HP, também fabricante, que anuncia que vai adaptar os seus PCs para o sistema Linux.
O foco de IBM, Dell e HP não são governos, mas corporações.
***
Ninguém pensou, é claro, que a Microsoft assistiria sem reagir.
O "Washington Post" e outros traziam despacho da Reuters, anteontem, com declarações agressivas de Emilio Umeoka, presidente da Microsoft Brasil, contra a adoção do Linux pelo governo Lula. De Umeoka:
- Se o país se fechar outra vez, daqui a dez anos vai acordar e ser dominante em algo que é insignificante. Meu chefe disse: irrelevância é o início do fim.
O chefe dele é Bill Gates.
Mas talvez a preocupação de Umeoka fosse outra, bem mais imediata. A agência Dow Jones trazia ontem a notícia divulgada pela própria Microsoft Brasil, no sábado -sobre sua vitória no Cade, num caso de concorrência desleal de cinco anos.


por Bicarato | Link :12:12:00 PM |


segunda-feira, junho 07, 2004


Por uma História Open Source
Tá lá, na Novae.


[O artiguete foi originalmente publicado aqui no Alfarrábio.]

por Bicarato | Link :6:17:00 PM |


:: XVI Semana Roseana ::

*Grande Sertão: Veredas* - *O Diabo nas Veredas Mortas*
De 4 a 10 de julho - Cordisburgo - MG
Informações:
http://www.cordisburgo.mg.cnm.org.br
Tel.: (31) 3715-1929 / 3715-1425

Tem uma programação bastante variada, mas isso aqui me achou a atenção:
Caminhada eco-literária
Tema: Ave-Palavra - Riachinho Sirimim, Jardins Fechados
Primeiras Estórias: Luas de Mel
Horário: 7h00 - Café Sertanejo
Inscrições: de 5 a 9 de julho. Local: Associação dos Amigos do Museu
Valor: R$ 20 (incluindo café da manhã, almoço e transporte)
Quem sabe eu não consigo ir até lá tomar umas cachaças com a confraria Roseana...

por Bicarato | Link :6:12:00 PM |


:: 1.300 Habitantes; 39 Livrarias ::
Festival que inspirou Parati 'revoluciona' cidadezinha britânica
O festival britânico que inspirou a Festa Literária Internacional de Parati (Flip) causa uma verdadeira revolução todos os anos na pequena cidade de Hay-on-Wye, na divisa do País de Gales com a Inglaterra.
A população de 1.300 habitantes recebe 80 mil visitantes nos dez dias do festival, entre o fim de maio e o começo de junho.
As 39 livrarias que fizeram a fama da cidade ficam lotadas, assim como os cafés, os restaurantes e as barracas de comida montadas nos jardins das ruínas de um castelo do século 11.


por Bicarato | Link :6:12:00 PM |


quinta-feira, junho 03, 2004

:: Unlocking the Archives ::

From 8 June 2004 the Royal Geographic Society will open up one of the world’s largest geographical collections containing over two million maps, photographs, books, artwork, artefacts and documents. Our collection tells the story of 500 years of geographical discovery and research.

Through our Unlocking the Archives project we are able to:
* preserve the collection for the benefit of future generations
* provide public access to our materials
* promote the educational value of our collection with programmes for schools and life long learners.

Taí, um ótimo exemplo de democratização do conhecimento. É, e tem que ser, livre.

por Bicarato | Link :7:19:00 PM |


:: Busque aqui ::



::. Metá:Fora .::




GeoURL







:: Especial ::

ESQUISSOS da Dulce Dias

:: Chapada ::

CURLY da Renée & Carol


:: Wikipédia ::

Eu estou no Blog List


::
>> |
?
| #

"Ao buscar prosperidade para toda a humanidade, o reino de Chintamani Mahakala se abre diante de ti, oferecendo uma abundância de jóias que concedem desejos. Ao buscar riquezas somente para si, você compete contra todos os seres humanos." -R.S.

Inspirado no Tom-B

###

Copyleft
Paulo Bicarato
###

###
Nenhum direito reservado
###
Favor apenas manter os devidos créditos



  by NM