Alfarrábio  
  :: Alfarrábio ::
Por Paulo Bicarato
 

home | e-mail | icq 267228436

Somos apenas os vazios entre os nós da rede. E estamos num grande boteco.

Paulo/Male/31-35. Lives in Brazil/São Paulo/Guaratinguetá, Vale do Paraíba, speaks Portuguese. Spends 20% of daytime online. Uses a Normal (56k) connection. And likes Cybercultura/Jornalismo.
This is my blogchalk:
Brazil, São Paulo, Guaratinguetá, Vale do Paraíba, Portuguese, Paulo, Male, 31-35, Cybercultura, Jornalismo.


Quer deixar seu recado?
Assine aqui.

Paulo Bicarato
Jornalismo, literatura, poesia e elucubrações diárias. Paulo Bicarato de peito aberto,
(ar)riscando palavras vivas ao vento.


.............

e5Cr3v1nH4çõEs


:: Especial ::

Guimarães Rosa


:: Meus artigos::

Nova Economia
WideBiz

.............



:: Arquivo::


Catraca eletrônica



on-line

sexta-feira, agosto 29, 2003

:: Cadê o Suporte? ::
Serviço de comentários temporariamente fora do ar. Fazer o quê?
===
Friday, August 29, 2003 12:15 PM EST
Rate Your Music and YACCS are down due to a server failure.
Services are expected to return to normal in 24 - 48 hours.
Thanks,
Hossein Sharifi
===

Enquanto isso, quem quiser deixar algum recado, comentário, sugestão, crítica, pedradas ou sei-lá-o-quê, dirija-se ao meu Livro de Visitas (é esse link aí na coluna da esquerda, acima da minha foto).


Update: Voltou! Valeu, Hossein Sharifi ;-)
E o Livro de Visitas continua valendo, é claro...

Update II: Ôpa, desvoltou... Recado do Sharifi:
(August 31, 12:25 AM EST): The server has been repaired; however, due to the fact that it is Labor Day weekend in the US, I may not be able to reinstall/reconnect the server until Tuesday, September 2 (or possibly September 3). I apologize for the downtime; I will make sure to keep this page updated.

por Bicarato | Link :10:32:00 PM |


Blogs, Universos em Prosa, um livro digital copyleft:: Blogs, Universos em Prosa ::
Muito já se escreveu sobre blogs, sendo que algumas coisas eram pertinentes e outras não, porque nem sempre o autor da matéria, ou ensaio, ou artigo, tinha vivenciado a experiência de participar ativamente do movimento blogueiro. Dessa forma é um ótimo momento noticiar que a primeira obra de Rossana Bocca Fischer, do Wumanity, chega aos seus leitores por meio da mãe Internet, livremente, como apregoa a ética hacker, em versões on-line e também para impressão. "Decidi também entregar meu conhecimento direto, de presente, sem atravessadores."


Convidados Participantes do Projeto:
Editoria: MFN Comunicação
Apoio: Hernani Dimantas
Prefácio: Cora Rónai
Capa: Mario AV
Revisão: Ana Maria Gonçalves

Leia mais na Novae

por Bicarato | Link :4:11:00 PM |


:: E-business de Botequim ::
Faz tempo, no meio das dicussões metafóricas, eu tinha sugerido a criação de um blogbar (a idéia ainda está de pé, com um amigo aqui de Guaratinguetá). Mas eis que o Chico, lá de Cruzeiro (cidade quase-vizinha daqui), saiu na frente.
Boteco que se preze é isso aí!
Confiram o Bar do Chico, e não deixem de fazer o tour virtual. O bar, inclusive, mereceu ir para o blog do Pedro Dória.

por Bicarato | Link :2:01:00 PM |


:: Infovia Morungaba ::
Projeto desenvolvido pela FEEC usa rede de alta velocidade para integrar comunicação e serviços no município
LUIZ SUGIMOTO
A estância climática de Morungaba vai passar por uma revolução tecnológica silenciosa e a princípio invisível para seus 10 mil habitantes. Numa comparação com obras viárias, e sem forçar demais a imaginação, seria como se as ruas recebessem uma camada de fibras ópticas, seguida de uma camada eletrônica para comunicação de dados, tecendo-se no ar uma rede sem fios de radiocomunicação, como um chapéu que cobre a cidade. As ruas pacatas ganharão um tráfego intenso de informações e o cidadão poderá colhê-las no quiosque da esquina ou da praça, ou então recebê-las em casa, escola ou trabalho, bastando para isso ligar o fio à tomada.
A Infovia Municipal de Morungaba, projeto desenvolvido pela Unicamp para integrar a comunicação e os serviços no município, é uma rede de alta velocidade baseada em tecnologias ópticas e de radiofreqüência com utilização da Internet.
###
Íntegra no Jornal da Unicamp

por Bicarato | Link :1:02:00 PM |


:: A Hora e a Vez ::
[...] Direitinho desse jeito, sem tirar e nem pôr, sem mentira nenhuma, porque esta aqui é uma estória inventada, e não é um caso acontecido, não senhor.
|||
Cada um tem a sua vez, e a minha hora há-de chegar!
###
JGR - A Hora e a Vez de Augusto Matraga

por Bicarato | Link :12:52:00 PM |


:: [Contra a] Venda Casada ::
O deputado Sérgio Miranda (PCdoB) apresentou na terça projeto de lei que modifica a Lei de Licitações.
A idéia, disciplinar a aquisição em separado de equipamentos de informática e os respectivos sistemas operacionais e aplicativos. Ou seja, impedir a venda casada do software (programas) com a máquina (hardware).
Isso sim é livre escolha. Se quiser um PC com Windows, leva. Se quiser só o PC, leva também.
Por que você não assina essa lista de apoio (agora com carteira de identidade, que é pra poder valer) à iniciativa e fica feliz só de pensar nas mudanças que isso pode proporcionar.
Parece pouco, mas deixa o jogo mais justo.
###
Coy&Paste direto do Maratimba, que é o autor da petição. Eu já assinei.

por Bicarato | Link :11:51:00 AM |


quarta-feira, agosto 27, 2003

:: Boa Notícia! ::
Até que enfim! O Felipe *Izquierdo* Fonseca resolveu botar o blog no ar, dessa vez com o Hipocampo, auto-definido como um *Escarradouro d'idéias cotidianas*.
Esse carinha já estava fazendo falta...

por Bicarato | Link :4:17:00 PM |




:: Túnel do Tempo ::
Sabe aquele site antigo, que já não está mais disponível? Para quem não conhecia, esse é um exemplo de como era a versão 0.01 do Alfarrábio, baseada num dos templates-padrão do Blogger (segundo o Hernani, parecia uma *cantina italiana*...).
Consegui resgatar o visual original pelo Wayback Machine. Serviço bacana!

por Bicarato | Link :4:12:00 PM |


terça-feira, agosto 26, 2003

:: FlashMob do Eu-Sozinho ::
-- Saí correndo de casa e, quando ia chegando ao cruzamento da Paulista, na frente do Conjunto Nacional, já fui tirando o sapato para, conforme o combinado, bater no chão quando o semáforo fechasse. Mas, quando cheguei, o sinal já estava aberto e já tinha acabado tudo. Fiquei ali, parado, com o sapato na mão, e ninguém entendendo nada...
###
O relato aí é de um amigo, o Rai, que tentou (só tentou) participar do primeiro flashmob de São Paulo, mas acabou protagonizando outra performance...
Com toda a imprensa cobrindo o evento --contradição das contradições--, eu é que trago o principal *depoimento*. E, pra fazer jus ao próprio gonzo relato, este também chega atrasado... heheheh

por Bicarato | Link :9:13:00 PM |


segunda-feira, agosto 25, 2003

:: Sem Comentários... ::
O que é que alguém pretende encontrar fazendo uma busca por [abre aspas]"PASSO A PASSO EM BOAS PRATICAS NUMA PADARIA"[fecha aspas]? E, pior, acabou caindo aqui no Alfarrábio...
Pra quem duvidar, está aqui.

por Bicarato | Link :11:18:00 PM |


:: Encontro de Dinossauros ::
Sábado passado teve um churrasco para os ex-alunos da Unitau. Ótima oportunidade para rever alguns jurrássicos ex-colegas, além de conhecer muita gente. Agora, só estou esperando o pessoal da fotografia [vulgo lambe-lambes: João Rangel, Ferpa, Ismael] subir as imagens para o *site oficial*, e aí eu copio para cá.

por Bicarato | Link :12:46:00 PM |


quinta-feira, agosto 21, 2003

:: Bazar TAZ ::
Ótima idéia, nascida no meio da Metá:Fora, e que ganhou um embasamento maior com as palavras do grande mineirinho Daniel:
Essa idéia de p2p olho-no-olho tem tudo pra gerar uns bazares TAZ, pra escambo de cultura feita em casa. Estímulo à substituição espontânea das fontes industriais por fontes livres, e à produção artesanal.
E aí neguim pode chegar com CD cheio de músicas livres, fazer paralelo com shows, performances e talecoisa. Todo mundo é artista. Toda arte tem seu valor. E esse mesmo bazar TAZ já ficando de palco,
espaço de comunhão artística.
Que lindo seria se negada começasse a fabricar cartões, quadros, esculturas, e compor musiquetas e tudo mais, só pra poder levar no próximo bazar TAZ instantâneo e partilhar com todo mundo, pegar artesanato alheio, ver umas performances, tomar umas, beijar na boca, etc. E é claro, deveria ser expresso que nada poderia ser vendido, apenas partilhado. Bazar TAZ de cultura GPL. :)

Update: A César o que é de César, como lembrou o Daniel: o Maratimba foi um dos (bons!) semeadores da idéia, como se pode podia ver aqui:
NeuroMob.
Hoje à noite deve nascer o primeiro embrião dessa TAZ, com direito a streaming direto da Radio Cabaret Sarajevo.

por Bicarato | Link :1:54:00 PM |


:: Revolução Silenciosa ::
*A imprensa especializada ainda está calada. Os blogs não comentam nada. Mas o Brasil fez uma opção estratégica pelo software livre. A semana do software livre no legislativo, evento promovido pelo Senado Federal e pelo Congresso Nacional, é um marco pela liberdade.*
###
Esse *puxão de orelhas* foi dado pelo [meu amigo] Hernani, então faço aqui e minha mea culpa e publico os links para o evento. Além do próprio Hernani, que está participando da programação lá em Brasília e comenta tudo no Marketing Hacker, vale a pena conferir a ótima cobertura feita pelo José Murilo. E, para completar, confiram a programação oficial da Semana de Software Livre no Legislativo.
Com esses links aí, não preciso dizer mais nada...

Update: Mas, pô, o Sarney será o *presidente de honra* da "Frente Parlamentar em defesa do Software Livre" (que já conta com mais de 130 deputados e 18 senadores)? Então, tá...
[Mais aqui]

por Bicarato | Link :12:28:00 PM |


quarta-feira, agosto 20, 2003

:: Memória & Hipocrisia ::
Início do ano passado, 2002, começam os preparativos para as comemorações dos 100 anos de uma das paróquias mais populares de Guaratinguetá. A "comissão organizadora" decide, então, incluir nas festividades a feitura de um livro contando as histórias, as personagens, os momentos marcantes desse centenário. Imediatamente, alguns nomes de moradores do bairro do Pedregulho são lembrados: a memória de alguns anciãos carecia de alguma documentação, e aí estava a oportunidade.
Entre as memórias mais privilegiadas, destaca-se a de Paulinho "Encrenca", um septuagenário que, na infância, era responsável pelo badalar dos sinos da igreja. Alguns integrantes da comissão são destacados para "entrevistar" Paulinho, e lá vão eles.
Na primeira abordagem, explicam a ele o projeto, e pedem-lhe que conte tudo o que viu e viveu nesses cerca de 70 anos, sempre no entorno da igreja. Segue um curto diálogo:
- "É para contar tudo, mesmo?", indaga Paulinho.
- "Sim, tudo. Queremos ilustrar esses 100 anos com as histórias que construíram a igreja", responde um dos entrevistadores.
E Paulinho: "Até as besteiras?"
- "Bom, sem besteiras, né, Paulinho..."
- "Então não conto nada!"
Passou o centenário, não se produziu nenhum livro. E a memória continua carecendo de um registro...

Update: Aliás, isso me lembrou, e muito, do Coletivo de Histórias Digitais. Tenho que pensar melhor nisso...

por Bicarato | Link :4:41:00 PM |


terça-feira, agosto 19, 2003

:: Encolheram o Paraíso ::
Originalmente, 600 mil hectares compunham o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros (GO). Vinte anos depois, a área foi reduzida a um décimo desse total, ou apenas 60 mil hectares. Mais 20 anos, e em 2001 um decreto presidencial (oportunista ou não, sei lá) aumentou novamente a área para 236 mil hectares. Agora, o STF (Supremo Tribunal Federal) anulou o decreto, e a área protegida volta a ser de 60 mil hectares.
Já não cabe mais recurso na Justiça, mas há a possibilidade de um novo decreto presidencial.
Para quem já, como eu, teve a chance de *morar* ali (mais especificamente na Vila São Jorge) por mais de um mês, e a oportunidade de conhecer um pouquinho daquele paraíso, é dolorido receber uma notícia dessas.
Mas a Redeprouc (Rede Nacional Pró Unidades de Conservação), que integra 21 organizações ambientalistas não-governamentais, iniciou uma campanha para tentar reverter o quadro.
Para participar, clique aqui.

por Bicarato | Link :12:46:00 PM |


:: Estante Virtual ::
O acesso a livros raros e/ou esgotados é um dos inúmeros serviços que a internet, com extrema eficácia, tem possibilitado aos seus usuários. Duas experiências recentes merecem divulgação: a disponibilização de livros raros pela Biblioteca Mário de Andrade (São Paulo) e a divulgação de obras esgotadas produzidas pelo Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC), da Fundação Getúlio Vargas (FGV).
###
[Copy&Paste direto do Rodrigo Gurgel]

por Bicarato | Link :12:41:00 PM |


sexta-feira, agosto 15, 2003

Muito prazer. Acabei de conhecer Haroldo Maranhão.
Iniciativa bacana, que ainda pode valer um DVD...

por Bicarato | Link :2:11:00 PM |


:: Eu Chovo ::
A chuva molha.
Mas também seca angústias
e adoça lágrimas salgadas.

por Bicarato | Link :2:11:00 PM |


quarta-feira, agosto 13, 2003

:: Comemorar Medalhas? Ora, Direis, Ouvir Estrelas... ::
Tudo bem, eu concordo: o titulinho aí foi meio forçado. Mas não pude resistir. Vamos deixar o ufanismo um pouco para lá e ver realmente o que está acontecendo nos Jogos Pan-Americanos? Segue aí uma notinha tirada da CartaCapital:
|||
DESORGANIZAÇÃO, GAFES, NÍVEL EM BAIXA E PESO EM ALTA
Nem só de medalhas e recordes - ainda menos - vive o Pan-Americano em Santo Domingo
"Foi uma prova fácil, o meu ritmo foi muito lento. Quero ver se pego uma prova lá na Europa para fazer 13min20. Porque, para ser bem honesto, 13min50 não é tempo, assim não vou a lugar nenhum." Com essas palavras, Hudson de Souza, o primeiro brasileiro a ganhar um ouro no Pan-Americano que acontece em Santo Domingo, República Dominicana, comemorou a vitória nos 5 mil metros rasos.
Na verdade, podemos dizer que até o momento se trata de uma competição peculiar. Com poucas disputas de alto nível, destacaram-se a falta de infra-estrutura para os atletas e gafes com a bandeira e o hino brasileiro, além de lances curiosos, como vitórias por W.O. no torneio de tênis e uma competidora boliviana um pouco acima do peso, digamos assim, no vôlei de praia.
José Trajano, diretor de jornalismo do canal especializado ESPN Brasil, fala mais naCartaCapital.

Update: E o Brasil perdeu no vôlei para a... Venezuela! Tsc, tsc, tsc...

por Bicarato | Link :1:20:00 PM |


:: Piadinhas Batidas - Versão Blogosfera ::
Um blogueiro morreu e foi pro inferno. Chegando lá, foi recebido pelo capeta (blogueiro, também, óbvio), que lhe apresentou várias opções de castigo - pra que ele escolhesse sua purgação. Foram passeando pela galeria de suplícios e o pobre blogueiro se apavorava com as alternativas: almas penadas sofrendo com conta de e-mail no Bol, pobres espíritos esperando angustiados uma eternidade pra acessar, condenados desventurados com acesso discado que caía a toda hora... O blogueiro se apavorava mais a cada instante.
Então, numa das salas da galeria, ele observou um negão enrabando o Bill Gates. Vendo naquilo uma vingança pelos tantos dissabores por que passou com o Windows, o blogueiro não teve dúvida - e falou pro capetão: - Escolho esse aqui.
E o capetão, gritando pro encarregado dos castigos:
- Ô, Tião! Esse aqui escolheu o mesmo castigo do Bill Gates!

***

O menininho blogueiro chegou chorando pra mãe blogueira e:
- Buáááá, mãe, tão me chamando de cabeção, na escola!
E ela, apaziguadora:
- Quêisso, meu lindinho. É porque você tem um blog mais bonito que os deles. Tudo inveja. Agora vai lá no técnico pegar de volta a torre do computador pra mamãe que ela tá doida pra blogar!
- Ah, mãe, aquela torre é tão grande! Como eu faço pra carregar?
- Ah, traz ela dentro do seu bonezinho...

***

A bichinha blogueira todo dia passava em frente a uma obra e o operário blogueiro mexia com ela:
- Ô, boiola!
E a bichinha, amuada:
- Fala, pau-de-arara.
Todo dia assim. A bichinha passava e:
- Ô, morde-fronha!
E ela, fazendo beiço:
- Fala, bóia-fria.
Um belo dia, indo à festa de entrega do Ibest, a bichinha blogueira passou toda produzida, parecendo a Cláudia Raia. O operário blogueiro, embasbacado, deu o braço a torcer:
- Lindo template novo!
E a bichinha, abrindo pela primeira vez um sorriso pro operário:
- Fala, Steve Jobs.

[Copy&Paste direto da Praia do Nélson. Como em toda praia, tem outras piadas infames, petiscos - com e sem areia - e cerveja gelada, entre outras coisas...]

por Bicarato | Link :1:18:00 AM |


terça-feira, agosto 12, 2003

:: Teste Seu Vocabulário ::
Confiram lá!
Meu resultado:
27 pontos
Eu tenho um excelente vocabulário

Teste Seu Vocabulário
Oferecimento: InterNey.Net

[Em tempo: a palavra *bifurcar* é curiosa: o latim *furca* originou *forca*, *forquilha*, que já significam a *separação em dois ramos divergentes* (foi numa *furca*, pendurando-se numa forquilha de uma árvore, que Judas se *enforcou*, depois de trair Jesus). O prefixo *bi*, de *bifurcação*, chega a ser, portanto, redundante...]

por Bicarato | Link :2:27:00 PM |


:: Liberdade e a Tentação Monopolista ::
Pedro Antônio Dourado de Rezende
A "Coalizão pela Livre Escolha do Software", apoiada pela Comptia (inclui Microsoft, Intel e Dell), em entrevista e artigo recente de Raphael Mandarino Jr. na Gazeta Mercantil (9 de julho) defende que "o governo pode comprar Linux se quiser, mas não deve aprovar leis dizendo que preferencialmente tem que usar software livre, [pois] isso é inconstitucional". Dizendo-se "a favor do usuário", compara a preferência por software livre à experiência de reserva de mercado de informática.
Essas afirmações, repetidas em vários cantos na mídia e em portais sobre informática, merecem análise. Tais leis terão como único efeito prático trazer ao debate o negócio do software. O que é software? O que é liberdade? Nisso já surtem efeito, mesmo antes de promulgadas.
[...]
Ver no software antes uma ferramenta de linguagem digital do que uma mercadoria, se for ato de reserva o será de conhecimento, não de mercado. Prioriza-se o direito ao conhecimento das linguagens digitais, e não os interesses de fornecedores ou os modelos monopolistas baseados em padrões digitais proprietários.
[...]
Se fosse proprietária, a internet teria surgido? Se todo software fosse proprietário, como os programadores aprenderiam a programar?
[...]
Precisamos libertar a palavra liberdade do seu cativeiro de dólares. Ninguém é contra liberdade de escolha, desde que ela comece pela definição de software. Software é mistério. O mistério da virtualíssima trindade. Para o produtor (pai) é produto intelectual, para o usuário (filho) é inteligência intermediadora, e no ciberespaço (espírito santo dos bits) é a lei. A qual das pessoas desta trindade se privilegia, eis a questão.
[...]
Já que software livre não é invenção de stalinistas nem de petistas megalomaníacos que tomam de assalto a Casa Civil no Planalto, há que se perguntar sobre quem mais acompanhará o Brasil, ao sermos levados a "isolamento do mercado internacional" com essa nova política de TI.
A mais vistosa companhia nesse "isolamento" será, certamente, a IBM. Tendo perdido, há quase 20 anos, a pole na corrida do software proprietário, ela aprendeu as lições da história e vem investindo pesado em software livre (GNU/Linux, Apache), há mais de quatro anos. Não por filantropia: o retorno generoso é colhido em suporte, serviços e agregação. E o espinhoso, em ataques sórdidos de quem teme o novo paradigma (SCO e aliados, incluindo a Microsoft).
[...]
O Estado precisa proteger a cidadania contra o cerco de interesses monopolistas, que querem sempre da Justiça dois pesos e duas medidas para o que dizem ser o pior dos crimes, nisso não diferindo do crime organizado.
[...]
Seus soldados e generais [do modelo de mercado, *downsizing*], encastelados em escritórios de patentes, de lobby e de advocacia da "propriedade intelectual", preparam-se para a sua cruzada, como novos Torquemadas, sem compreenderem muito bem o poder emergente contra o qual se lançam. Não o compreendem porque este poder emergente, o poder da sinergia cooperativa no mundo virtual, é ponto cego na visão fundamentalista de mercado, visão que os embriaga de arrogância e sentimento de auto-suficiência, por ser expressão do mito dominante.
[...]
Insistir com o governo brasileiro para que siga gastando mais de um bilhão anual com licenças de uso perfeitamente descartáveis, enquanto o Estado sangra financeiramente, refém de agiotas globais num sistema econômico à deriva, porque, segundo os que vem se locupletando, "vai custar caro e dar muito trabalho, só para trocar seis por meia dúzia", é terrorismo econômico.
[...]
Daria no mesmo um monopólio digital escravagista das idéias, ou um monopólio de idéias que assegure a democratização do poder imanente da revolução digital, e das idéias em geral como bem comum?
###
[Íntegra aqui]

###

Update: Reli todo o artigo agora. Apesar de longo (ou por causa disso), vale a pena. Está tudo aí: dos aspectos políticos aos econômicos, passando obviamente pelos tecnológicos, explica-se o que move a disputa software livre X software proprietário. Para culminar, como é o espírito da coisa, nos aspectos sociais.

por Bicarato | Link :11:04:00 AM |


:: O Mais Curto Conto Cruel ::
Desfile patriótico. Quando passa a bandeira, um espectador permanece sem se descobrir. A multidão irrita-se, logo grita:
-- O chapéu, o chapéu! -- e se lança contra o recalcitrante, que persiste em menosprezar o emblema nacional. Alguns patriotas lhe dão o tratamento merecido...
Tratava-se de um grande veterano de guerra, mutilado, que tinha ambos os braços amputados...
###
Villiers de l Isle-Adam (Saint-Brieuc, 1838 - Paris, 1889)

por Bicarato | Link :10:59:00 AM |


sexta-feira, agosto 08, 2003


:: Kyotômetro ::
Um termômetro virtual traduz a imensa expectativa em torno da possível ratificação do Protocolo de Kyoto pela Federação Russa, que colocaria o acordo em vigor.

por Bicarato | Link :12:30:00 PM |


quinta-feira, agosto 07, 2003

:: Botaram Chifres no Panda ::
PANDA GIGANTE ESTÁ GRÁVIDA DE GÊMEOS; PAI É INCERTO
Bai Yun chegou em San Diego no ano de 1996, junto com um macho chamado Shi Shi. Ambos foram cedidos pela China e tiveram apenas um filhote em seis anos.

Com uma chamadinha dessas, fiquei na dúvida sobre as reais intenções do redator do AmbienteBrasil.
Até onde sei, os pandas estão em extinção, e a gravidez de gêmeos é (ou deveria ser) uma ótima notícia. Mas o redator não perdeu a chance de colocar em dúvida a fidelidade da Bai Yun, tascando possíveis chifres no Shi Shi.
Só falta mesmo o Shi Shi querer "lavar a honra com sangue": aí é que os pandas se extinguem, mesmo...

por Bicarato | Link :12:23:00 PM |


quarta-feira, agosto 06, 2003

:: É por aí! ::
Malucos de Santa Tereza, comunidade do tempo em que ser doidão no Rio de Janeiro era bacana, decidiram reivindicar a sigla MST. Cá pra nós, maluquice tem limites.
###
[Direto do Tutty Vasques]

por Bicarato | Link :12:58:00 PM |


:: MetaFormose ::
Toda fonte é uma moça bonita que foi amada por um deus, que disse não a um rio, que fugiu de um sátiro, nada é real, nada é apenas isso, tudo é transformação, todo traçado de constelação é o pedaço de um esboço de um drama terrestre, tudo vibra de tanto significar. [...] Fatos não se explicam com fatos, fatos se explicam com fábulas. A fábula é o desabrochar da estrutura, arquétipo em flor. Uns são transformados em flor, outros são transformados em pedra, outros ainda se transformam em estrelas e constelações. Nada com seu ser se conforma. Toda transformação exige uma explicação. O ser, sim, é inexplicável. Uns se transformam em feras, outros são mudados em lobos, em aves, em pombos, em árvore, em fonte. Só a ninfa Eco se transformou em sua própria voz. Em que língua falar com um eco? Uma uma língua língua lembra lembra uma uma lenda lenda, Narciso, Narciso Narciso.
###
Leminski

por Bicarato | Link :12:09:00 AM |


:: Busque aqui ::



::. Metá:Fora .::




GeoURL







:: Especial ::

ESQUISSOS da Dulce Dias

:: Chapada ::

CURLY da Renée & Carol


:: Wikipédia ::

Eu estou no Blog List


::
>> |
?
| #

"Ao buscar prosperidade para toda a humanidade, o reino de Chintamani Mahakala se abre diante de ti, oferecendo uma abundância de jóias que concedem desejos. Ao buscar riquezas somente para si, você compete contra todos os seres humanos." -R.S.

Inspirado no Tom-B

###

Copyleft
Paulo Bicarato
###

###
Nenhum direito reservado
###
Favor apenas manter os devidos créditos



  by NM