Alfarrábio  
  :: Alfarrábio ::
Por Paulo Bicarato
 

home | e-mail | icq 267228436

Somos apenas os vazios entre os nós da rede. E estamos num grande boteco.

Paulo/Male/31-35. Lives in Brazil/São Paulo/Guaratinguetá, Vale do Paraíba, speaks Portuguese. Spends 20% of daytime online. Uses a Normal (56k) connection. And likes Cybercultura/Jornalismo.
This is my blogchalk:
Brazil, São Paulo, Guaratinguetá, Vale do Paraíba, Portuguese, Paulo, Male, 31-35, Cybercultura, Jornalismo.


Quer deixar seu recado?
Assine aqui.

Paulo Bicarato
Jornalismo, literatura, poesia e elucubrações diárias. Paulo Bicarato de peito aberto,
(ar)riscando palavras vivas ao vento.


.............

e5Cr3v1nH4çõEs


:: Especial ::

Guimarães Rosa


:: Meus artigos::

Nova Economia
WideBiz

.............



:: Arquivo::


Catraca eletrônica



on-line

terça-feira, março 25, 2003

:: Índios na Web ::
Uma notícia e um link para os interessados:
>> A Universidade Federal de Mato Grosso assinou convênios para implantar o programa Conectividade, experiência realizada com as comunidades indígenas do Canadá, que ligará as nações indígenas de Mato Grosso à Internet.

>>Indigenous Media Network

por Bicarato | Link :4:02:00 PM |


:: Vale, Violões e Violas ::
Música regional do Vale do Paraíba ganha livro e CD
O projeto "Vale, Violões e Violas - Uma fotografia do Vale do Paraíba" é composto de livro e CD com 10 perfis: os grupos Paranga, Rio Acima, Orquestra de Viola Caipira, Zezé & Simões, e os solistas Déo Lopes, Margareth Machado, Beto Jaguary, Zé Mira, Marcus Flexa e Renato Teixeira.
Para quem não conhece, é uma ótima oportunidade de ter contato com esses artistas/idealistas.
A autora do projeto é uma *velha* amiga, a jornalista Vana Allas.
Aliás: parabéns, Vana!
###
Clique aqui para ler mais e ouvir parte do CD.

por Bicarato | Link :3:50:00 PM |


segunda-feira, março 24, 2003

:: Cons-Pirações Meta(eu)Fóricas ::
Enquanto isso, esse pessoal anda com a pilha ligada como nunca vi. Tô para descobrir o que esse povo bebe...

por Bicarato | Link :7:53:00 PM |


:: No War ::
Uma guerra contra o Iraque terá consequências devastadoras para os seres humanos e o meio ambiente.
GreenPeace

por Bicarato | Link :7:43:00 PM |


:: Mundo Maluco ::
"You know the world is going crazy when the best rapper is a white guy, the best golfer is a black guy, The Swiss hold the America's Cup, France is accusing the US of arrogance, and Germany doesn't want to go to war."
(Você sabe como o mundo está louco quando o melhor rapper é um homem branco, o melhor jogador de golfe é um negro, os suíços ganham a America's Cup, a França acusa os Estados Unidos de arrogância e os alemães não querem ir à guerra.)
###
Copy&Paste direto do Leão Serva

P.S.: até que enfim hoje o Blogger me deixou postar algo. Alguém sabe me dizer o que é que está acontecendo?

por Bicarato | Link :7:35:00 PM |


quinta-feira, março 20, 2003

:: WarBlogs ::
Ainda estamos conferindo, mas fica o registro:
WarBlogs
###
Outra dica do mesmo comparsa

Update
Para contrabalançar:
:: PeaceBlogs ::
Dica do Inagaki

por Bicarato | Link :3:54:00 PM |


:: Curiosidades da Guerra ::
Vale a pena ler o artigo do Eduardo Galeano na Folha de hoje:
*Quem elegeu Bush presidente do planeta? A mim ninguém chamou para votar nessas eleições. E a vocês?*
###
Vão matar muita gente, papai?
Ninguém que você conheça, querido, apenas estrangeiros.

###
Íntegra aqui
ou no Sputnik

por Bicarato | Link :3:48:00 PM |


Não sei com que armas os homens lutarão na Terceira Guerra, mas na Quarta será a pau e pedra.
Einstein

por Bicarato | Link :3:41:00 PM |


:: Lembram disso? ::
Muitíssimo bem lembrado por um comparsa:
collateralassets

por Bicarato | Link :12:44:00 PM |


quarta-feira, março 19, 2003

:: Jornalistas Vão à Guerra ::
Não são só os EUA que se preparam para a guerra no Iraque. Jornalistas de o todo mundo, escalados para a cobertura do evento, já passam por treinamentos específicos, em especial contra um inimigo invisível: as armas químicas.
###
Ah!, que novidade... As *dicas*, então... sem comentários.
Mais aqui

por Bicarato | Link :6:02:00 PM |


:: Paz & Amor ::


Direto do Cabeza Marginal

por Bicarato | Link :12:55:00 AM |


:: Voluntários para o Meta:Reciclagem ::


Projeto MetaReciclagem

por Bicarato | Link :12:15:00 AM |


terça-feira, março 18, 2003

:: E Viva a Diferença! ::
ou: Humano, Demasiado Humano


Sempre tive para mim que, menos que o destino a que se quer chegar, mais importante é o caminho que se percorre. Caminhos, quase sempre, que nos reservam surpresas, para o bem e para o mal, mas que fazem a beleza e riqueza deste mesmo caminho.

Numa dessas encruzilhadas do caminho, caí de pára-quedas nesse universo internético, hiperconectado. Primeiro, o assombro e o deslumbramento. Logo em seguida, um quase desespero ao buscar referências sólidas para me apoiar. Listas de discussão, e-mail, ICQ começaram a fazer parte do meu cotidiano. No meio dessa enxurrada, o instinto foi acionado para ajudar a fazer uma filtragem básica.

Alguns pontos de apoio foram se solidificando: o convite do Maneco para escrever na Novae, as cada vez mais frequentes trocas de idéias com o Felipe *Izquierdo* e várias outras cabeças, estimulando e quase colocando em curto-circuito as sinapses. O *start* principal, no entanto, veio por parte do Hernani.

E-mail para cá, e-mail para lá, ICQ piscando, e o cara só me incentivando a criar meu próprio blog. Quando escolhi o nome, Alfarrábio, ele estranhou, mas acabou concordando. O Hernani acabava de gerar mais um filho na rede (se ele assume esse filho, são outros quinhentos...)

Essa introdução algo prolixa serve só para falar do livro do HD. Livro que acompanhei a gestação (deveria ter acompanhado e participado mais), e já conhecia praticamente todo o conteúdo, exatamente pelas conversas com o autor. E, relendo tudo, fica-me a impressão de estar presencialmente ouvindo o Hernani falar e expor suas idéias. Um livro *vivo*, digamos.

Vivo, sim, porque estamos presenciando a concretização dos conceitos e ideais ali expostos. Além da própria Novae, pioneira nessa cultura colaborativista e copyleft, não há como não citar o Projeto Metá:Fora, uma incubadora de idéias colaborativistas que já está mostrando alguns (ótimos) frutos. Inúmeras outras iniciativas e projetos pipocam pela rede. Instintivamente, seguem os princípios apregoados pelo Hernani — alguns anos atrás, quando conheci o Hernani e o via explicar o que é o *Marketing Hacker*, me divertia ao ver a reação da maioria das pessoas: um misto de espanto e incompreensão. A mesma reação, ainda hoje, para muitos: afinal, que papo é esse de liberdade, revolução, humanismo, ética norteando o comportamento (e os negócios) na rede? Tais reações de espanto e incompreensão (quando não de má-vontade ou ignorância, mesmo) permanecem exatamente na mesma proporção da coerência que vejo no Hernani defendendo estes princípios há anos.

Basta folhear o livro e escolher algumas frases para tentar entender o *caminho das pedras* (por falar em pedras, *it´s only ronck and roll, but I like it*):

"É importante entender o conceito de reputação num ambiente caótico e rico em diversidade, em que qualquer pessoa pode desenvolver um projeto. A internet é um canteiro de talentos. Tem gente fazendo de tudo, e fazendo bem. Uma verdadeira democratização na capacidade de produção de conhecimento está sendo criada, não pela demanda, mas pela oferta. As pessoas estão tão empolgadas em produzir livremente que não se incomodam, a curto prazo, em difundir suas idéias gratuitamente."
(...)
"Sentimo-nos mais confortáveis assumindo riscos do que aguardando uma voz de comando. O resultado é um ganho incomensurável em nossa habilidade de aprender e ensinar, refletida na capacidade de brincar com seriedade."
(...)
"Neste jogo o juiz não manda. Quem manda é a torcida."


Lévy, Castells, Torvalds, Stalmann, Berners-Lee, Raymond, Locke, Searls, Weinberger são nomes familiares ao Hernani. Nomes com os quais ele mantém conversações da mesma maneira que com Mick Jagger, Raul Seixas ou Milton Nascimento, ou ainda Roberto Cury, Felipe *Izquierdo* Fonseca, Marcelo Estraviz, Felipe Albertão, Paulo Bicarato... São pessoas falando. E, para completar o caldeirão cibernético, Jorge Luis Borges dialoga com Einstein ao som de Chico Buarque, tendo ao fundo imagens de Kubrick em *2001 - Uma Odisséia no Espaço*.

É, sim, um caleidoscópio refletindo e enaltecendo a diversidade (ah!, a beleza diversa...) da rede. É uma prova da livre expressão guiada pela esperança em uma comunidade inteligente, que respeita a liberdade de opinião e aposta, sim, no *desejo de entregar à nova geração um mundo com mais amor*.

por Bicarato | Link :6:20:00 PM |


segunda-feira, março 17, 2003

:: Asas do Sonho ::
Não,
Não quero que olhem meu filho
Como um pássaro ferido,
Cujas asas agora
Adormecidas
Zelam um sono icariano.

Não,
Meu filho,
Eu conheço bem,
Está muito longe.

Na ânsia de voar
Ele atrela seu coração
Às mais longínquas estrelas
E voa...

Há filósofos, surfistas,
Descobridores e afoitos
Jovens
Iguais a ele
Em seus pensamentos.

Ah! Meu filho
Não te dei membros alados
Mas tua alma
É um pássaro.

Ou será um anjo?
###
As palavras acima são da minha mãe, a dª. Benê, escritas para mim há 15 anos.
Explicando: no dia 2 de janeiro de 88, este alfarrabista que vos fala sofreu um acidente. Eu era um pára-quedista amador e, numa *brincadeira*, sofri uma queda que resultou nos dois calcanhares e um punho quebrados. Foram quatro meses de cadeira de rodas, e mais alguns meses para reaprender a andar.
Graças a Deus, não ficou nenhuma sequela, para surpresa dos médicos.
E, mesmo do período na cadeira de rodas etc., só tenho boas lembranças: o carinho e a força dos pais, irmãos e amigos. Lembro-me que, assim que deixei a cadeira de rodas, muitas pessoas me cumprimentavam, dizendo que eu era um *herói*, por ter suportado tudo aquilo.
Suportado o quê? Com o apoio, carinho e consideração que me cercavam, não havia o que suportar.
Por mais que eu me esforce, não consigo me lembrar de algum momento *triste*. E nem mesmo da dor, que eu sei que havia, mas não era nada, nada.
Eu me lembro, sim, de ter que ser carregado no colo pelo meu pai ou meu irmão para ir ao banheiro ou para entrar no carro; me lembro das minhas irmãs fazendo minhas unhas (!) e lavando meus cabelos (só para *visualizar*: eu estava com as duas pernas e um braço engessados...); me lembro de alguns amigos me *resgatando* em casa para me levar a alguma balada; me lembro de algumas (poucas, mas preciosíssimas) visitas de uma moça muito especial.
E me lembrei disso tudo, agora, quando minha mãe achou um papel datilografado com o poema acima.
Obrigado, mãe!
Aliás, outra lembrança bem bacana: quando eu ainda estava no hospital, minha mãe me mandou uma fita cassete com mensagens de parentes e amigos, e uma música: *João e Maria*, do Chico Buarque. Pois é...
*Agora eu era o herói,
E o meu cavalo só falava inglês...*

por Bicarato | Link :12:27:00 AM |


domingo, março 16, 2003

:: Palavras Soltas ::
O rio passa
por isso é impassível;
o que a água faz
é querer o seu nível.
--- Guimarães Rosa

A vocês eu deixo o sono
O sonho, não
Esse eu mesmo carrego
--- Paulo Leminski

Estou emigrando
para uma terra mágica
onde os cheques voam
e todas as datas de vencimento
são precoces.
Vou viver além,
muito além
das minhas posses.
--- Luis Fernando Verissimo

Pescado lá no Fausto

por Bicarato | Link :1:45:00 PM |


sábado, março 15, 2003

:: Workshop Telecentros ::
Mobilizar e unir intenções, para construir colaborativamente o conhecimento comunitário, valorizando as vozes pessoais.
Cada comunidade passa a exercer o direito de se interconectar e fazer valer a sua voz.
Essa é a experiência que o Projeto Metá:Fora leva a três telecentros (Lajeado, Guainazes e Cidade Tiradentes) da prefeitura de São Paulo neste domingo, a partir das 10h.
Com a realização de workshops, será disponibilizado um sistema aberto de publicação coletiva para os participantes.
###
Exemplo vivo & testemunho:
Eu, que não entendo nada de tecnologia, participo (!) dessa comunidade e estou aprendendo a publicar meus textos e artigos sem a necessidade de me envolver com códigos-fonte, programação etc. e tal.
Ou seja: basta um empurrãozinho para que qualquer pessoa assuma o *megafone* e saia por aí, falando aos quatro ventos...
###
Mais aqui

por Bicarato | Link :8:13:00 PM |


:: Teoria da Conspiração ::
O presidente George W. Bush, querendo aumentar sua popularidade, resolveu correr o país. Chegou em uma escola primária e explicou o seu plano de governo.
Pediu, então que as crianças fazessem perguntas.
O pequeno Bob pediu a palavra:
- Senhor, tenho três perguntas:
1. Por quê, perdendo as votações nas urnas, o senhor venceu as eleições?
2. Por quê quer atacar o Iraque sem motivo?
3. O senhor não acha que a bomba de Hiroshima foi o pior ataque terrorista da história?

Naquele momento tocou a campainha para o intervalo e todos os alunos saíram da sala. Quando retornaram, Bush convidou novamente as crianças a fazerem perguntas e Joe pediu a palavra:

- Presidente, tenho cinco perguntas a fazer:
1. Por quê, perdendo as votações nas urnas, o senhor venceu as eleições?
2. Por quê quer atacar o Iraque sem motivo?
3. O senhor não acha que a bomba de Hiroshima foi o pior ataque terrorista da história?
4. Por quê a campainha do intervalo tocou 20 minutos antes?
5. Onde está o Bob?

por Bicarato | Link :8:01:00 PM |


sexta-feira, março 14, 2003

:: Diário de Bordo ::
Quer acompanhar o que está acontecendo? Além deste Alfarrábio, anote aí e confira:
>>
http://www.projetometafora.org
>>
http://drupal.projetometafora.org
>>
http://www.marketinghacker.com.br/buzzine/

Update
E o Izq acabou de colocar no ar:
>>
http://www.projetometafora.org/midiatatica/

por Bicarato | Link :11:56:00 AM |


:: Qual o impacto dos blogs? ::
Não se pode analisar esse impacto do ponto de vista da quantidade de blogs criados, mas sim da quantidade de leitores. Esse foi um dos dados interessante na última matéria da Folha: os blogs chegaram a ter participação expressiva no Ibope.
O impacto que eles possuem é definido pela quantidade de mentes alcançadas e não apenas pela quantidade vozes se manifestando.
Se hoje a web brasileira atinge 10% da população então esse impacto é consideravelmente pequeno, mesmo que os blogs atingissem 100% dos internautas, o que não é a realidade.

Então não tenho de me preocupar com blogs?

Errado. Se você quer se beneficiar do impacto que eles terão no futuro então tem de agir agora. É como uma nova terra inexplorada: você chega primeiro, loteia, planta e quando chegarem os novos colonos você venderá terra e alimento para eles. A hora de colonizar a web é agora, e não no futuro com gente brigando por cada byte de espaço disponível.
###
Copy&Paste direto do Ney

por Bicarato | Link :11:55:00 AM |


quinta-feira, março 13, 2003

:: MemeLab no ar! ::
submitted by dmartins on Sexta, Março 14, 2003 - 01:24
Falando diretamente da Casa das Rosas...
Rede MemeLab no ar.
Relato de Bordo: tivemos alguns problemas na montagem da rede. Cheguei aqui la pelas 13:00 e encontrei o Schepop. Montamos as maquininhas, MetaReciclagem demonstra ao que veio. Deu um trampo configurar os IPs do servidor (/etc/network/interfaces), alguns cabos trocados no hub e, bom, estamos no ar.
Ta rodando nosso primeiro projeto: rede Linux com um servidor rodando Debian e quatro pontos rodando o Kurumin 1.0. As maquinas sao todas Pentium 100-133, 32Mb. Todo o material é reciclado.
>> Mais aqui
###
Só posso dizer uma coisa: Parabéns, galera!
Clap! Clap! Clap!

por Bicarato | Link :8:46:00 PM |



Metá:Fora: uma verdadeira comunidade, foi o que o PR blogou, e que eu agora replico por aqui.
É tudo isso, e muito mais, como eu já venho falando por aqui há algum tempo... Nas palavras do Izq:
Tem uma coisa aí que é típica: é muito difícil explicar pra quem está de fora a nossa satisfação mesmo com coisas pequenas. E traz muita satisfação quando entra uma pessoa nova na lista e manda um email dizendo "nossssa, que impressionante, nunca imaginei que uma comunidade online pudesse fazer tudo isso".
Enfim, parabéns, Meta:Fóricos. E vamos em frente.


Update
Identificando os meta:fóricos, pelos nomes de guerra:
Em pé:
--- Izq, Bicaçula, Bica, HD, Tati (a honrosa presença feminina...), Schepop, Dalton, [não sei...]
Agachados:
--- MR, PR, Pádua

por Bicarato | Link :2:25:00 PM |


quarta-feira, março 12, 2003

:: Êxito Tecnólogico X Fracasso Ético ::
Chegamos ao século 21. Nova Era para alguns, a Era de Aquário promete revolucionar mentes e espíritos neste terceiro milênio. Independentemente de misticismos ou modismos, torço para que haja realmente esta revolução.
O século 20 já está fadado a ser lembrado como um marco divisor na história da Humanidade, assim como foi a queda de Constantinopla ou o Renascimento. Foi o século em que a revolução tecnológica trouxe avanços inimagináveis e, se ainda não estamos vivendo como a Família Jetson, já podemos vislumbrar cenas e equipamentos bem próximos aos do desenho animado.
Mas o grande problema é o surgimento de novos feudos tecnológicos, rodeados por oceanos de indigentes e analfabetos digitais. Nunca a humanidade produziu tanta riqueza, e nunca se viu tão grande concentração e má-distribuição de riquezas.
Assim, o século 20 também será lembrado na história como o mais injusto para a maior parte dos homens. Contradição? Não dá para explicar como tanto conhecimento acumulado pode gerar abismos sociais vergonhosos.
Uma explicação é dada pelo [ministro da Educação], engenheiro e escritor Cristovam Buarque, ex-governador do Distrito Federal, no livro "Os Tigres Assustados".
Um infeliz ícone do século 20, a Bomba Atômica que arrasou Hiroshima às 8h15 do dia 6 de agosto de 1945, serve para Buarque ilustrar e resumir todo o problema. A bomba é resultado tanto da incrível excelência tecnológica como também do fracasso ético da humanidade.
O século 20 fica marcado por esse estigma: toda a tecnologia foi desenvolvida sem que fosse norteada por balizamentos éticos, invertendo o que seria o processo "normal" para o desenvolvimento. Dever-se-ia partir de princípios éticos para nortear a produção e o desenvolvimento científico, mas ocorreu exatamente o contrário.
Mas ainda há tempo. A mesma Hiroshima serve como exemplo tanto para os horrores que a tecnologia pode produzir, como para o poder de renovação e reconstrução da Humanidade. Algumas décadas após ser completamente devastada a cidade já estava de pé novamente.
As marcas, porém, estão por toda parte, principalmente no Museu da Bomba. E, por estarem em toda parte, fazem com que toda a cidade "transpire" um sentimento pacifista e solidário, segundo Buarque.
Talvez aí esteja o exemplo para a revolução espiritual, ética, de que tanto necessitamos. O conhecimento, já temos. Basta olhar em volta e decidirmos o que fazer com ele. E deixarmos o século 20 apenas como um marco.
###
[Artigo publicado originalmente em 03/2001. Eu estava fuçando nuns arquivos por aqui, e achei que valia a pena postar de novo esse texto.
Certos conceitos, penso eu, são atemporais e continuam valendo...]

por Bicarato | Link :9:08:00 PM |


terça-feira, março 11, 2003

Mídia Tática Brasil
Sociedade Bailarina
Por Hernani Dimantas
Abram alas, o Mídia Tática Brasil pede passagem. Vamos mostrar que estamos debatendo nas veias cibernéticas do Brasil novos rumos, novas idéias para uma evolução cultural. As pessoas conversam, trocam mais do que informações. Palavras que cativam o espírito e brindam as inteligências.
###
Íntegra aqui, na Novae


Update
Acabei me lembrando disso aqui:


Mundo Pop
ANTROPOFAGIA E SOLIDARIEDADE

Por Paulo Bicarato
As telecomunicações, de um modo geral, e a internet, por excelência, estão nos fazendo rever uma série de conceitos que pareciam intocáveis.
###
Íntegra aqui

por Bicarato | Link :11:58:00 PM |


:: 1000 km/h ::
Caros amigos, este Alfarrábio está meio devagar, mas simplesmente porque há outras prioridades rolando, e tudo a ver com uma cambada pra lá de Meta:Fórica que está envolvida até o pescoço no MTB. Apesar de eu não poder contribuir como deveria com a galera, também acelerei tudo o que está pendente por aqui, para tentar chegar a tempo de conferir os resultados dessa pauleira toda. Aliás, que fique aqui registrada minha admiração por esse povo Meta:Fórico [reprisando algumas palavras já ditas há alguns dias]:
Vieram, viram e mostraram para quê. Tudo feito de baixo para cima, sem *lideranças* — ou melhor: seguindo aquelas *lideranças naturais* que simplesmente vêm e diz: eu fiz o que era para ser feito pro evento rolar pra todo mundo. Tudo com o objetivo de servir ao coletivo, um coletivo que não precisa de muitas palavras para reconhecer a verdade. Um olhar na retina do companheiro pra saber que realmente há algo maior que todos queremos.
Entenderam?
Não?
Tudo bem... mas é isso aí! ;-)

por Bicarato | Link :11:45:00 PM |


sábado, março 08, 2003

:: World of Ends ::
Abre aspas
Doc Searls e David Weinberger escreveram um texto que, para mim, é a explicação mais clara, simples e inteligente do que é a Internet e qual a melhor maneira de enxergá-la. Chama-se World of Ends (Mundo de Pontas), está online sob a forma de um site/manifesto, e completa hoje dois dias no top do Blogdex:
http://www.worldofends.com
http://www.quicktopic.com/19/H/nQrTDM3fiYQC(fórum que eles criaram para comentar o texto)
Aproveitando, segue o link para a primeira tradução do texto em português, feita pelo Rainer Brockerhoff, um figura do blogverso brazuca:
http://www.brockerhoff.net/bb/viewtopic.php?t=10
Só uma coisa: leiam e acompanhem isso. Ainda vai dar muito o que falar.
Fecha aspas
###
Copy&Paste de dica do Daniel, direto da Metá:Fora.

por Bicarato | Link :4:13:00 PM |


Trazendo ao diálogo quatro culturas distintas porém tangentes —ativismo social e político, artes visuais, experimentações radicais em mídia eletrônica e teoria crítica— MÍDIA TÁTICA BRASIL é um desdobramento do festival holandês Next Five Minutes, que está na sua quarta edição e existe desde 96. Através de trabalhos, performances, workshops, palestras, intervenções de rua e eventos festivos que procuram sobretudo celebrar uma diversidade cultural, organização descentralizada e acessibilidade para o horizonte futuro da mídia e da comunicação, MÍDIA TÁTICA BRASIL promove as novas potencialidades midiáticas tornadas possíveis graças ao crescente acesso aos materiais e equipamentos de mídia, e à conseqüente explosão de produção faça-você-mesmo.

por Bicarato | Link :2:31:00 PM |


sexta-feira, março 07, 2003

Update
Com relação ao post anterior, só quero deixar registrado aqui: caso a maior ambição do *Bushinho* seja entrar para a história, ele pode ficar tranquilo — o lugar dele já está garantido. Seja porque é o responsável por uma das guerras mais idiotas (pleonasmo, eu sei) de toda a história da humanidade, seja porque está conseguindo unir (ainda que contra ele mesmo) povos, mentes, credos como, também, nunca se viu nesse nosso planetinha azul.
Só que ele poderia entrar de uma maneira bem mais honrosa e digna: basta, simplesmente, desistir dessa babaquice de guerra. Ingenuidade minha, vocês podem dizer. Que seja, ora pois...
Aliás: todos temos nosso lugar garantido na história, é só uma questão de opção: como fazer. De minha parte, prefiro que seja via Paz & Amor.

por Bicarato | Link :6:54:00 PM |


quinta-feira, março 06, 2003

:: Tá lá na Novae ::
A BESTA E O BARULHO DO PAPEL DE BALA
Por Paulo Bicarato
Ganância, sede de poder, arrogância são alguns termos já utilizados. Muitas vítimas, ou mártires, ainda vão perecer - e não será em vão - até que esse monstro indecifrável se autodestrua completamente. Mas, assim, extirpado o câncer, a Humanidade nascerá para uma nova vida. Para uma vida saudável.
Íntegra aqui

por Bicarato | Link :12:09:00 PM |


quarta-feira, março 05, 2003

:: Versão Original ::
Encontrei aqui a imagem original que encabeçava o Alfarrábio. Para quem não conhecia, é essa aí em cima, e que ganhei de presente da Nancy.

por Bicarato | Link :2:31:00 PM |


:: Busque aqui ::



::. Metá:Fora .::




GeoURL







:: Especial ::

ESQUISSOS da Dulce Dias

:: Chapada ::

CURLY da Renée & Carol


:: Wikipédia ::

Eu estou no Blog List


::
>> |
?
| #

"Ao buscar prosperidade para toda a humanidade, o reino de Chintamani Mahakala se abre diante de ti, oferecendo uma abundância de jóias que concedem desejos. Ao buscar riquezas somente para si, você compete contra todos os seres humanos." -R.S.

Inspirado no Tom-B

###

Copyleft
Paulo Bicarato
###

###
Nenhum direito reservado
###
Favor apenas manter os devidos créditos



  by NM